Jornal do Lar Notícias

Ameaça de novas tarifas feita pelos EUA leva à queda do índice Nikkei

Negócios 03/06/2019 às 12:54

A bolsa de Tóquio caiu ao seu nível mais baixo em 4 meses


O índice-chave Nikkei fechou com o nível mais baixo em um período de quatro meses.- Reuters/Toru Hanai/Direitos Reservados

As ações na bolsa de valores de Tóquio caíram hoje (3). O índice-chave Nikkei fechou com o nível mais baixo em um período de quatro meses. Investidores deixaram o mercado após os Estados Unidos ameaçarem aplicar tarifas sobre importações do México, abalando mercados já sensíveis devido às tarifas aplicadas sobre a China.

O índice Nikkei fechou o pregão de hoje com 20.410 pontos, 190 pontos — ou 0,9% — abaixo do fechamento de sexta-feira. A maior parte dos setores apresentou baixa, incluindo empresas exportadoras de grande porte.

O dólar sofreu uma forte queda com relação ao iene, como consequência de investidores trocando ações por investimentos mais seguros, como a moeda e títulos do tesouro japonês.

Na semana passada, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump ameaçou impor tarifas adicionais em todos os produtos importados do México a partir do dia 10 de junho.

Ele declarou que o México não estava fazendo o suficiente para diminuir o fluxo de migração ilegal para os Estados Unidos.

No mercado de câmbio de Tóquio, o dólar registrou baixa hoje.

Na capital japonesa, a moeda americana foi negociada entre 108,24 e 108,26 ienes, em um recuo de 0,53 iene em relação à cotação de sexta-feira.

Por NHK (Agência de notícias pública do Japão) 

Fonte: EBC Agência Brasil

Publicidade

Comente e Comentaram

Cadastre-se agora e receba as últimas notícias.

Digite seu E-mail abaixo.


Notícias Relacionadas