Jornal do Lar Notícias

'Jezabel', Resumo de 22 a 26 de julho

TV 19/07/2019 às 09:09

Na reta final da novela 'Jezabel', Joana (Camila Mayrink) tem ataque de fúria depois do sequestro da irmã,


Samira (Laís Pinho), e mata Phineas (Eduardo Lago) com uma facada. Sidônio (Pedro Lamin) aconselha a jovem a fugir. Enquanto isso, Nabote (Flávio Galvão) e os filhos são apedrejados até a morte. Na outra ponta da trama, Levi (Leo Cidade) se torna pai de um menino

CAPÍTULO 65 - SEGUNDA-FEIRA

As tropas da Síria e a isralense, em desvantagem, se enfrentam. Acabe (André Bankoff) diz para Hannibal (Rafael Sardão) comunicar aos oficiais que o confronto terá início. Ben-Hadade (Breno de Filippo) passa um vexame e desiste de avançar. Micaías (Guilherme Dellorto) conta a Inlá (Leonardo Franco) que a visão dele se tornou realidade e eles levaram a melhor sofre o exército da Síria. Acabe manda que todos os oficiais da Síria sejam exterminados, estando no interior ou no exterior dos muros. Naamã (Pedro Henrique Moutinho) diz que vai exterminar os oficiais caso eles não liberem os portões de Samaria. Os oficiais da Síria começam a ser enterrados quando os muros passam a desmoronar. Acabe conta a Barzilai (Timóteo Heiderick) que viu os muros se tornarem pó assim como o exército da Síria, mas custa a crer.

CAPÍTULO 66 - TERÇA-FEIRA

Em conversa com Abbas (ator não divulgado), Ben-Hadade afirma que não aceita a derrota. Acabe diz a Hannibal, Barzilai e aos oficiais Levi (Leo Cidade), Miguel (Igor Cosso), Joel (Mário Hermeto), Geazi (Marcéu Pierrotti) e Sidônio (Pedro Lamin ) para repousarem. Inlá dá um abraço a Micaías. Acabe recorre a um mensageiro para comunicar a rainha que eles derrotaram os sírios. Abbas e Hazael (ator não divulgado) intercedem junto a Acabe para não matar Ben-Hadade, atendendo um pedido dele. Acabe conta que quer ver Ben-Hadade. Acabe concorda com o pedido de Bem-Hadade e o autoriza a ir embora. Ao falar com Hezael, Naamã avisa que a estratégia de Ben-Hadade funcionou. No vinhal, Jezabel (Lidi Lisboa) e Tadeu (Victor Sparapane) têm um encontro. Queila (Juliana Knust) fica sabendo por Dido (Juliana Xavier) sobre o término do confronto. Jezabel fica aflita quando, dias depois, Acabe fica um período no quarto sem comer. Jezabel ordena a Acabe para ele ter uma reação e ficar de pé. Acabe reprova a ordem. Jezabel propõe e ela vai com Acabe adquirir o vinhal.

CAPÍTULO 67 - QUARTA-FEIRA

Acabe é avisado por Nabote (Flávio Galvão) que não quer vender o vinhedo. A letargia de Acabe deixa Jezabel totalmente furiosa. Acabe segue fraco e prostado. A Hannibal, Jezabel conta não concordar com a desfeita de Nabote. Ao adentrar no quarto de Joana (Camila Mayrink), Sidônio conto que não suporta mais o pouco caso dela. Joana cai no choro após colocar Sidônio para fora. Acabe, segue com depressão, enquanto Aisha (Adriana Birolli ) faz de tudo para vê-lo feliz, dias mais tarde. Jezabel dá a Uriel (Fernando Sampaio) um conjunto de papiros. Um pouco aflito, Uriel vai embora. Feliz com sua estratégia, Jezabel ri. Nabote suspeita quando Abner (Daniel Blanco) lhe conta a respeito do que o rei ordenou. Tadeu questiona porquê Acabe mandou que eles façam jejum. Ao falar com Jezabel, Hannibal conta que acredita que Acabe tenha levado aos mais idosos umas mensagens. Jezabel diz a Hannibal para ele aguardar que vai ver o que irá acontecer quando o oficial alega que ela está tendo essas atitudes por conta de Tadeu.

CAPÍTULO 68 - QUINTA-FEIRA

Samira (Laís Pinho) é vítima de arapuca e acaba raptada por Naamã e Hezael. Na tenda, Joana é questionada por Miguel a respeito de Samira. Joana questiona sobre Joana a Phienas (Eduardo Lago) ao suspeitar dele. Joana é chantageada por Phineas: se ela o entregar, ele dirá que Joana foi dada por ele em troca de dinheiro para um frequentador de fora. Fora de si, Joana passa a destruir o que vê pela frente. Joana diz não ter encontrado Samira, quando Miguel quer saber onde a irmã dela está. Sarcástica, Jezabel sorri quando Nabote e os parentes, detidos, recebem um julgamento na frente da população. Por não terem atendido o que Acabe ordenou em relação ao jejum, os mais velhos dão julgamento a Nabote e filhos. Comendo umas uvas, Jezabel se entretém na varanda do alto do castelo.

CAPÍTULO 69 - SEXTA-FEIRA

Nabote e os filhos devem morrer apedrejados, determina o idoso ao tomar a palavra. Na varanda do castelo, Jezabel comemora. Barzilai descobre por Isaac (Leonardo Miggiorin) que ninguém sabe onde Samira está. Aisha conta a Acabe que todos necessitam dele: a população, o povoado e os herdeiros. Acabe responde que é vítima de maldição e, por isso, o que ele fizer não vai adiantar nada. Aisha sugere que o marido diante de Deus se humilhe. No quarto, Acabe fica sabendo por Barzilai sobre o julgamento de Nabote e herdeiros por heresia e assassinato. Nabote, Abner e Tadeu perdem a vida ao serem apedrejados. Acabe não compreende quando Jezabel diz para ele ficar de pé e se apoderar de Nabote. Alguém fala para Elias (Iano Salomão) ir ao encontro do rei. Kaleb e Zaniel avisam Jezabel que tudo deu certo no projeto. Jezabel lhes paga usando um saco de dinheiro. Joana tem uma crise de raiva e atinge Phineas com uma faca, que recolhe da mesa. Leah (Bárbara Maia) se torna mãe de um garoto. Satisfeitos e sensibilizados, Emanuel (Henri Pagnoncelli) e Yarin (Andrea Avancini) dão um abraço em Levi. Joana revela a Sidônio ter assassinado Phineas. Ao voltar para casa e tentar mostrar o cadáver de Sidônio, Joana nada acha. Sidônio aconselha Joana a ir embora sem que ninguém a veja e a encaminha ao santuário de Baa. Acabe se dirige a Nabote. Acabe vê atentamente o local perplexo.

Fonte: PurePeople

Publicidade

Comente e Comentaram

Cadastre-se agora e receba as últimas notícias.

Digite seu E-mail abaixo.


Notícias Relacionadas