Jornal do Lar Notícias

Seduc abre seletivo interno de professores para a 1ª escola bilíngue do Estado

Oportunidade 08/11/2019 às 17:26

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), abrirá, na próxima segunda-feira (11), as inscrições para o processo seletivo interno de professores efetivos da rede estadual, interessados em trabalhar no primeiro Centro de Ensino Fundamental bilíngue e integral do Maranhão, que entrará em funcionamento a partir de 2020.


ma.gov.br

Podem se candidatar professores integrantes do quadro permanente da Secretaria.

Serão ofertadas nove vagas para atuação imediata, sendo quatro vagas para professores de Letras, com habilitação em Língua Inglesa; uma vaga para professor com habilitação em Educação Física e quatro vagas para pedagogos. Além disso, estão sendo disponibilizadas até o limite de duas vezes o número de vagas para formação de cadastro de reserva. As vagas são exclusivamente para São Luís.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas, exclusivamente, no site da Seduc. Os interessados poderão se inscrever a partir das 0h do dia 11 de novembro (próxima segunda-feira) até as 23h59 do dia 14 de novembro.

O resultado final do seletivo será divulgado no portal da Secretaria (www.educacao.ma.gov.br), no dia 5 de dezembro.

Os aprovados e convocados trabalharão em regime de 40 horas semanais, podendo ter 01 (uma) matrícula de 40h, 02 (duas) matrículas de 20h ou 01 (uma) matrícula de 20h, que será complementada com a Condição Especial de Trabalho. Todos receberão a gratificação por exercício em tempo integral, que corresponde a 25% do salário base.

A Escola

A criação da primeira escola de ensino em tempo integral bilíngue na rede pública estadual em 2020 foi anunciada pelo Governo do Estado em agosto deste ano. No primeiro ano de implantação serão atendidos cerca de 100 estudantes do 1º ano do Ensino Fundamental I, na capital maranhense.

“Apesar da oferta do Ensino Fundamental não ser responsabilidade do Estado, iniciaremos essa experiência com a oferta da educação bilíngue pelo Fundamental I, exatamente por esse ser o momento adequado para alfabetização das crianças, inclusive em um idioma estrangeiro. Será uma experiência inédita que poderá, posteriormente, servir de modelo para outras redes públicas e até para expansão na rede estadual de ensino”, ressaltou o secretário Felipe Camarão.

Fonte: Governo do Maranhão

Publicidade

Comente e Comentaram

Cadastre-se agora e receba as últimas notícias.

Digite seu E-mail abaixo.


Notícias Relacionadas